no1
17/11/2021
Ministério da Saúde: brasileiro que recebeu vacina da Janssen deve tomar 2ª dose

O Ministério da Saúde anunciou que todo cidadão brasileiro que recebeu a vacina da Janssen terá que tomar uma segunda dose. Até este momento, era o único imunizante considerado de dose única no país. Os Estados Unidos, sob recomendação da agência reguladora, Food and Drug Administration (FDA), já tinham começado a segunda aplicação da vacina em quem tomou a Janssen há pelo menos dois meses.

Quase 5 milhões de brasileiros receberam a primeira dose da Janssen e, agora, tendo completado dois meses da aplicação, eles já terão direito a receber a segunda dose. Posteriormente, passados cinco meses, estas pessoas ainda receberão a terceira dose. O reforço será dado com a Pfizer.

A Janssen começou a ser distribuída no Brasil nos meses de junho e julho, portanto muitas pessoas já estariam aptas a receber, apenas será preciso aguardar a distribuição da pasta. Até o final de dezembro, o Ministério da Saúde estima o recebimento de mais de 36 milhões de doses da Janssen.

Também foi comunicado que toda a população adulta, de 18 anos ou mais, que já tomou a segunda dose de AstraZeneca, Pfizer ou Coronavac, há pelo menos cinco meses, já pode tomar uma dose extra da vacina contra a Covid-19.

A aplicação da dose de reforço segue a lógica da imunização cruzada, que visa aumentar a proteção a partir da combinação de plataformas de vacinas diferentes. Quem tomou duas doses da Coronavac, deve buscar a terceira de Pfizer, Janssen ou AstraZeneca; se a pessoa tomou duas doses da Astrazeneca, ela tem que tomar Pfizer; se recebeu duas da Pfizer, a de reforço tem que ser a AstraZeneca ou a Janssen.

Créditos: Vanderléia/g1/aquarelafm

Compartilhe com seus amigos!
no2

(46)3543-2679 / (46)3543-2611 / (46) 3543-4029

(46) 9-9933-3001 - pedido musical

opec@aquarelafm.radio.br / 46- 9-9915-3813 Comercial

Av. Bruno Zution, 2912, Centro, Realeza - Paraná / Caixa Postal 101