no1
10/08/2022
Quadro de Tarsila do Amaral avaliado em R$ 250 milhões é encontrado embaixo da cama de preso por golpe milionário

O quadro Sol Poente de Tarsila do Amaral, avaliado em R$ 250 milhões, foi encontrado pela polícia, na manhã desta quarta-feira (10), embaixo da cama de um dos presos de aplicar golpe de R$ 725 milhões contra uma idosa. A obra de arte estava sob o estrado da cama de Gabriel Nicolau Traslaviña Hafliger.

Além dele, outras três pessoas haviam sido presas até a última atualização desta reportagem, entre elas, a filha da vítima. Na mesma casa em que o quadro foi localizado, também foi presa Rosa Nicolau Stanesco, a 'Mãe Valéria de Oxossi', que diz ter poderes místicos.

Segundo as investigações, a filha contratou pessoas que se passaram por videntes para convencer a idosa a pagar por um “trabalho espiritual” a fim de salvá-la. A vítima descobriu e passou a sofrer ameaças.

Segundo a vítima, além do roubo de quadros de artistas como Tarsila do Amaral e Di Cavalcanti, o golpe incluía os pagamentos sob extorsão.
Em função da importância da obra, a operação foi batizada como Sol Poente Enganada.

 

O quadro:
 
A obra Sol Poente é da fase Antropofágica da obra de Tarsila do Amaral. Pintada pela artista em 1929, ela faz parte de um grupo de quadros que contam com cores fortes, que mostram figuras do imaginário, dos sonhos e de lembranças de infância, segundo o site oficial da pintora.

 

O quadro é em óleo sobre tela e tem 54 x 65 centímetros de tamanho. Outra obra que faz parte da lista que, segundo as investigações, foi roubada da idosa, também é desse período: O Sono, pintada um ano antes, em 1928.

O quadro mais famoso de Tarsila, Abaporu, que não faz parte da investigação, também é desse período.

Créditos: Vanderléia/g1/aquarelafm

Compartilhe com seus amigos!
no2

(46)3543-2679 / (46)3543-2611 / (46) 3543-4029

(46) 9-9933-3001 - pedido musical

opec@aquarelafm.radio.br / 46- 9-9915-3813 Comercial

Av. Bruno Zution, 2912, Centro, Realeza - Paraná / Caixa Postal 101