no1
09/02/2021
Garantia de G-4 e chance de título no domingo: as missões do Inter contra o Sport

A cada rodada, o Inter se aproxima do sonhado título do Brasileirão. Na melhor das hipóteses, pode vir até mesmo no final de semana, com duas rodadas de antecedência. Mas o que está mais ao alcance no momento é a garantia da vaga na fase de grupos da Libertadores.

A matemática (além do futebol apresentado em campo) virou aliada dos gaúchos. Sem perder há 12 jogos e com nove vitórias no período, os comandados de Abel Braga tomaram a ponta da tabela e não pretendem mais soltá-la. O Inter soma 66 pontos, 10 a mais que o Fluminense, que está em quinto lugar.

Caso derrote o Sport no duelo da quarta-feira, já assegura posição entre os quatro melhores do Campeonato Brasileiro e a consequente vaga à fase de grupos da Libertadores. Se empatar, o Fluminense não pode vencer o Atlético-MG no Maracanã.

 

Para confirmar o G-4*

 

 

  • Vitória sobre o Sport garante a fase de grupos da Libertadores;
  • Se não vencer o Sport, torce contra o Fluminense, que também não pode somar três pontos contra o Atlético-MG.

 

* Em sétimo lugar, o Palmeiras tem um jogo a menos e também poderia roubar um posto no G-4, mas já tem vaga assegurada na Libertadores de 2021 pelo título em 2020

A briga pelo título

Para alcançar a sonhada taça após 42 anos, a tarefa é mais árdua. Mesmo assim, o título pode ocorrer no próximo domingo. Para isso, precisa superar o Sport na quarta e o Vasco no fim de semana. Assim, alcança 72 pontos.

Mas o Inter depende também de uma combinação de resultados de seus adversários diretos. O Flamengo, segundo colocado, precisa perder para o Corinthians no Maracanã. Neste caso, os cariocas chegam, no máximo, a 71 pontos ao final do campeonato.

Ainda, necessita de um tropeço do Atlético-MG, em terceiro, nos jogos contra Fluminense e Bahia, na quarta e no domingo, respectivamente. Os mineiros não podem somar mais que quatro pontos.

Já o quarto colocado São Paulo possui uma partida a menos. Porém, está a oito pontos atualmente do Inter. Se não vencer Ceará ou Grêmio, atinge no máximo 62 pontos. Nem mesmo com vitória sobre o Palmeiras, no compromisso adiado para o dia 18, supera a pontuação colorada ao fim da competição.

- O campeonato está afunilando, chegando nas rodadas finais, mas sempre o próximo jogo é o mais difícil. É isso que a gente vem treinando, conversando. O Sport também briga pelas suas coisas e nós pelas nossas. Temos que estar atentos a todos detalhes - destaca Edenilson.

Só que tudo não passa de projeção. O Inter precisa pensar no dever de casa diante do Sport, na quarta-feira. A partida será disputada às 19h, no Beira-Rio.

Créditos: GE-João Peron-AQUARELA FM.

Compartilhe com seus amigos!
no2

(46)3543-2679 / (46)3543-2611 / (46) 3543-4029

(46) 9-9933-3001 - pedido musical

opec@aquarelafm.radio.br / 46- 9-9915-3813 Comercial

Av. Bruno Zution, 2912, Centro, Realeza - Paraná / Caixa Postal 101