no1
18/05/2022
Edenilson brilha, protesta contra racismo e lidera vitória do Inter contra o Independiente Medellín

A única tempestade que passou pelo Beira-Rio na noite desta terça-feira foi presenciada por pouco mais de 4 mil pessoas e varreu - ainda que por 90 minutos - uma das piores chagas que o Brasil carrega após 500 anos.

Três dias após denunciar que o lateral-direito do Corinthians, Rafael Ramos, o chamou de "macaco" durante o empate entre o time paulista e o Inter pelo Brasileirão, Edenilson ergueu o punho contra a discriminação, marcou os gols da vitória colorada por 2 a 0 sobre o Independiente Medellín, pela 5ª rodada da Copa Sul-Americana, e aqueceu a noite dos poucos torcedores que desafiaram a tempestade subtropical que assola o Rio Grande do Sul.

De quebra, os gaúchos assumiram a liderança do Grupo E e só dependem de si para avançar às oitavas de final.

Punho erguido pela igualdade

Os deuses do futebol sabem o que fazem. Depois de denunciar uma suposta injúria racial sofrida no último sábado, também no Beira-Rio, Edenilson tratou de escrever novas linhas na história do futebol. Ele acusa o lateral-direito Rafael Ramos, do Corinthians, de chamá-lo de "macaco" no confronto entre as equipes no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador português, que nega a atitude, chegou a ser preso e liberado após pagamento de fiança.

 

À espera da conclusão da investigação, Edenilson fez apenas um pronunciamento via rede social e se fechou. Bastaram somente três dias para responder com dois gols e um desabafo contra o racismo. Nesta terça, aos 18 minutos do primeiro tempo, recebeu cruzamento de David e completou para o fundo da rede. Na comemoração, tirou a camisa e ergueu o punho cerrado como símbolo de luta contra a discriminação. Aos 11 do segundo tempo, completaria a noite de brilho com um golaço de fora da área, de canhota, para fechar o placar em 2 a 0.

Como fica:

O Inter vai aos nove pontos e lidera o Grupo E da Copa Sul-Americana. Apesar da vitória do Guaireña sobre o 9 de Outubro, que também leva os paraguaios aos nove, o Colorado encerra a penúltima rodada em primeiro lugar pelo saldo de gols. Com quatro pontos, o Independiente Medellín está eliminado.

 

O Inter define a classificação na Sul-Americana na próxima terça-feira, às 21h30, contra o 9 de Outubro, novamente no Beira-Rio. Nos mesmos dia e horário, o Independiente pode ajudar o Colorado ao receber o Colorado no Atanasio Girardot.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Inter entra em campo no sábado, na Arena Pantanal, contra o Cuiabá, pela 7ª rodada. A partida está marcada para as 21h.

 

Créditos: Vanderléia/aquarelafm

Compartilhe com seus amigos!
no2

(46)3543-2679 / (46)3543-2611 / (46) 3543-4029

(46) 9-9933-3001 - pedido musical

opec@aquarelafm.radio.br / 46- 9-9915-3813 Comercial

Av. Bruno Zution, 2912, Centro, Realeza - Paraná / Caixa Postal 101