no1
Atualizado em 22/09/2022
A primavera começa oficialmente nesta quinta-feira

A primavera começa oficialmente nesta quinta-feira (22) às 22h04 (horário de Brasília) para a maior parte do território brasileiro – com exceção de partes do Amazonas, Pará e quase a totalidade de Roraima e Amapá, que ficam no Hemisfério Norte.
 
 

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta laranja para trechos do Sul e do Sudeste do país válido para as horas que antecedem a chegada da estação.

Uma massa de ar polar considerada intensa para esta época do ano e a passagem de um ciclone extratropical pela costa afetam o clima no país. Há previsão de chuvas e ventos de até 100 km/h na faixa laranja.

 

Previsão geral para a estação:
 
O início da estação é chamado de equinócio de primavera – dia do ano quando praticamente o dia e a noite tem a mesma duração: 12 horas. A estação termina em 21 de dezembro às 18h48, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).
 

A primavera é marcada pelo período de transição entre as estações seca e chuvosa na área central do Brasil – enquanto os acumulados de chuva no norte do Nordeste costumam ser inferiores a 100 milímetros, principalmente, no norte do Piauí e noroeste do Ceará.

De acordo com o Inmet, por causa do início da convergência de umidade vinda da Amazônia, pode haver:
 

- temperaturas mais elevadas em grande parte da Região Norte, interior da Região Nordeste e em alguns pontos da parte central do Brasil;
- aumento de chuvas no Sudeste, Centro-Oeste, Acre e Rondônia;
- chuvas fortes, rajadas de vento, raios e até mesmo granizo na Região Sul;
 
 

Massa de ar frio abre a estação:
 
De acordo com Cesar Soares, meteorologista da Climatempo, a primavera vai começar fria no Sudeste devido a uma massa de ar frio vinda do Sul do país.
 

"A primavera como um todo deve ser exatamente dessa forma, principalmente nesse primeiro mês de estação. Até o início de outubro teremos dias frios alternando com dias de temperatura um pouco mais agradável", diz.

Para essa semana de início da estação, ainda de acordo com o Inmet, os maiores acumulados de chuva estão previstos para as regiões Norte, Sudeste e Sul do País .


Até o dia 26 de setembro, são previstas chuvas significativas que podem superar 60 mm em toda a região Sul, no extremo oeste do Amazonas e do Acre e sudoeste do Pará junto com acumulados acima de 80 mm no sudeste de Minas Gerais.
 

 

REGIÃO SUL:
 
No Sul, a previsão é de chuvas abaixo do esperado em grande parte da região, segundo o Inmet, por causa do fenômeno La Niña.

 

Já as temperaturas devem ficar próximas e ligeiramente abaixo da média para grande parte da região.


Até a próxima semana, porém, áreas de instabilidade deverão favorecer a ocorrência de acumulados de chuvas que podem ultrapassar 60 mm em praticamente toda a região. Por outro lado, o centro-sul do Rio Grande do Sul deve receber pouca chuva, que não deve ultrapassar 30 milímetros.

 

 

Créditos: Vanderléia/g1/aquarelafm

Compartilhe com seus amigos!
no2

(46)3543-2679 / (46)3543-2611 / (46) 3543-4029

(46) 9-9933-3001 - pedido musical

opec@aquarelafm.radio.br / 46- 9-9915-3813 Comercial

Av. Bruno Zution, 2912, Centro, Realeza - Paraná / Caixa Postal 101